índice

Olá! 👋🏼

O Instituto ABCD (https://institutoabcd.org.br/) está coordenando um estudo para caracterizar o “PERFIL DO TRANSTORNO ESPECÍFICO DA APRENDIZAGEM NO BRASIL: custos para as famílias e impacto do ensino remoto na pandemia”. A coordenadora da pesquisa é a Prof.ª Dra. Ana Luiza Navas (http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do), professora titular da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e membro da Comissão Científica da Associação Brasileira de Dislexia – ABD (www.dislexia.org.br).  

O objetivo do projeto é caracterizar o panorama do Transtorno Específico da Aprendizagem no Brasil e identificar o impacto dos custos para as famílias, além das implicações emocionais e educacionais durante a situação da pandemia. Por meio desta iniciativa, pretende-se aumentar o conhecimento sobre esta realidade no país, para assim atuar na construção de políticas e práticas educacionais que beneficiem este público.

A iniciativa é uma parceria entre o Instituto ABCD e o Instituto IT Mídia (https://www.institutoitmidia.com.br/) que, através do projeto Movimento Brasil Digital (https://movimentobrasildigital.org.br/), dedica-se a transformar o Brasil em um país mais  inovador e inclusivo. Com o intuito de trazer luz para a Dislexia no contexto educacional, também será desenvolvida uma ferramenta tecnológica para identificar sinais desse transtorno e orientar familiares e educadores.

Para a pesquisa, foram elaborados três questionários para diferentes públicos:  

➡️ Questionário para as famílias de crianças e jovens com transtorno específico da aprendizagem;
➡️ Questionário para pessoas com transtorno específico da aprendizagem (adultos);
➡️ Questionário para profissionais especializados.
🛑 Para acessar os questionários, clique aqui: https://institutoabcd.org.br/pesquisa/

Agradecemos, antecipadamente, por sua colaboração.

Dpto. de Comunicação | ABD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

keyboard_arrow_up^
PageLines